4 opções para aumentar o bumbum mais rápido

Para aumentar o bumbum é recomendado que sejam realizados exercícios que trabalhem o músculo do glúteo, como o agachamento, o afundo e a elevação de quadril, por exemplo, pois promovem a contração local e favorecem o ganho de massa muscular.

No entanto, é importante ter em mente que não é um processo rápido, sendo importante que os exercícios sejam realizados de forma regular, sob orientação de um profissional de educação física, e que a pessoa também possua uma alimentação saudável e rica em proteínas.

Outras opções para aumentar o bumbum são tratamentos estéticos, como a eletroestimulação e a lipocavitação, por exemplo, além de lipoenxertia e implante de silicone nos glúteos. Dentre essas opções, a única que garante um resultado rápido é o implante de silicone, no entanto está também associado a um maior custo.

Imagem ilustrativa número 1

Algumas opções para aumentar o bumbum são:

1. Exercícios

O melhores exercícios para promover o aumento do glúteo são aqueles que trabalham os músculos glúteo máximo, médio e mínimo, e os músculos da posterior da coxa, sendo alguns:

  • Agachamento, em que a pessoa deve abrir as pernas na largura do quadril e agachar, como se fosse sentar em um banco, mantendo as costas retas e evitando compensar com o quadril. O agachamento pode ser realizado apenas com o peso do próprio corpo, usando um halter ou barra apoiada nas costas ou nos ombros, sendo chamado de agachamento frontal. Além disso, pode-se também fazer o agachamento sumô, em que as pernas devem ficar mais abertas e os pés virados para fora;
  • Elevação do quadril, em que a pessoa deve ficar deitada no chão, com os joelhos dobrados, e levantar o quadril, mantendo os pés, a cabeça e a parte superior das costas bem apoiadas no chão. Ao levantar o quadril, é importante contrair o glúteo para favorecer o trabalho muscular. Outra forma de realizar esse exercício é utilizando um halter ou uma barra, devendo a pessoa apoiar a parte superior das costas em um banco e fazer o movimento de elevar o quadril;
  • Afundo, em que deve-se dar um passo a frente e flexionar o joelho até que a coxa da perna avançada fique paralela ao chão. Para deixar o exercício mais intenso, pode-se apoiar um dos pés no step, que pode ser posicionado na frente ou atrás do corpo, ou apoiar o pé que está atrás em um banco, sendo esse exercício chamado de afundo búlgaro;
  • Flexora deitada, na qual a pessoa deve deitar no equipamento, posicionando os pés por baixo do suporte, e depois fazer o movimento de colocar os pés nos glúteos;
  • Stiff, em que com uma barra a frente do corpo ou dois halteres, a pessoa deve segurar a carga na frente do corpo e fazer o movimento de encostá-la no chão, mas mantendo as costas alinhadas e joelhos semi flexionados, ao mesmo tempo que empurra um pouco o quadril para trás no momento da descida;
  • Levantamento terra, em que a pessoa deve ficar com os joelhos levemente flexionados, como se fosse fazer um agachamento, levantar a carga até a altura do quadril e depois voltar a colocá-la no chão. É importante manter as costas, quadril e ombros alinhados para evitar lesões.

Esses exercícios podem ajudar no processo de aumento e definição dos glúteos quando são realizados corretamente de acordo com a orientação de um profissional de educação física. A forma como esses exercícios são realizados pode variar de acordo com o preparo físico da pessoa, podendo ser proposto pelo instrutor a realização de mais ou menos repetições e variações do método aplicado e exercício.

Além disso, para garantir os resultados do treino, é muito importante que se tenha uma alimentação equilibrada e saudável, em que há maior consumo de proteínas, pois assim é possível favorecer o ganho de massa muscular.

O resultado é definitivo? Não exatamente, porque ao deixar de treinar os músculos regridem de tamanho, voltando ao original. Mas com a prática regular de atividade física e a intensificação de exercícios para os glúteos, estes podem se manter no tamanho esperado ou aumentar de tamanho.

2. Tratamentos com aparelhos estéticos

Os tratamentos estéticos podem ajudar a aumentar o volume e estimular a queima de gordura local, como por exemplo:

  • FES e corrente russa, que são aparelhos de eletroestimulação que recrutam um maior número de fibras musculares durante seu uso;
  • Lipocavitação, que ajuda a eliminar a gordura localizada;
  • Radiofrequência, que ajuda no combate à flacidez.

Esses tratamentos devem ser feitos por um fisioterapeuta dermatofuncional ou esteticista especializado, podendo ser necessárias 3 a 6 sessões dependendo do tipo procedimento.

O resultado é definitivo? Não exatamente. Para que os resultados se mantenham a pessoa não deve engordar ou parar de praticar atividade física. Caso isso aconteça todo resultado alcançado com os aparelhos estéticos será perdido.

3. Lipoenxertia no bumbum

A cirurgia plástica no bumbum pode ser feita com um enxerto de gordura, retirado da barriga ou dos flancos. Para realizar a lipoenxertia o cirurgião plástico realiza uma lipoaspiração, removendo a gordura localizada de outra região do corpo, que é devidamente tratada e depois enxertada nos glúteos.

A recuperação demora alguns dias, sendo necessário ficar de repouso, evitar esforços e realizar sessões de drenagem linfática para remover o excesso de líquidos e facilitar a recuperação.

O resultado é definitivo? Sim. Apesar de depois de alguns meses haver uma pequena diminuição dos glúteos após a lipoenxertia, os resultados se mantém muito próximo do que se pretende.

4. Prótese de silicone no bumbum

A colocação de uma prótese de silicone nos glúteos também é uma opção rápida de aumento das nádegas, e o resultado pode ser visto em aproximadamente 1 mês, após a recuperação da cirurgia e diminuição do inchaço local. Como em qualquer outra cirurgia esta também pode ter riscos para saúde, por isso existem contraindicações que devem ser respeitadas.

Para realizar esse tipo de cirurgia estética, o médico pode realizar duas pequenas incisões na região mais próxima do final da coluna e inserir as próteses, previamente escolhidas, observando imediatamente a nova aparência dos glúteos. Depois disso fecha-se a incisão e se estiver tudo controlado, a pessoa pode ir para o quarto no próprio dia. O tempo de internamento é de aproximadamente 2 dias mas a recuperação total se dá após 6 meses, quando já não deve haver alterações nos glúteos.

O resultado é definitivo? Sim. A prótese de silicone tem o resultado mais definitivo, porque a prótese não muda de tamanho e não está relacionada a fatores externos, no entanto, este tipo de tratamento requer um investimento financeiro maior.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *